Arquivo de etiquetas: FMDUP

Podcast “Alumni Mundus” no caminho da odontologia

No penúltimo episódio da primeira série “Viagem à U.Porto”, levantamos voo com Américo  Afonso, alumnus da Faculdade de Medicina Dentária do Porto. Fique a conhecer melhor o professor catedrático e atual Diretor Clínico da FMDUP. Um percurso que vale a pena descobrir aqui –  https://www.up.pt/casacomum/alumni-mundus/11-americo-afonso/

Este é o “Alumni Mundus”, o podcast que pretende mostrar-vos o Mundo dos Alumni UP.

“Alumni Mundus” é uma série de podcasts que vai abordar diferentes temas e que pretende dar a conhecer a vida e os percursos dos Alumni da Universidade Porto. Este projeto é uma iniciativa do Gabinete Alumni da Reitoria, dos Gabinetes Alumni da Faculdade da Engenharia e do Gabinete de Comunicação e Imagem da Faculdade de Desporto, com a participação de todas as unidades orgânicas da Universidade do Porto e o apoio da Casa Comum. A primeira série “Viagem à U.Porto” leva-nos a descobrir percursos de Alumni dos diferentes cursos da UP em estórias de vida que se entrelaçam em percursos únicos.

Raquel Zita Gomes

Alumna da U.Porto entre os melhores dentistas do mundo

antiga estudante da Faculdade de Medicina Dentária da U.Porto (FMDUP) Raquel Zita Gomes integra a lista dos 100 Melhores Médicos em Medicina Dentária do Mundo 2020 (World’s Top 100 Doctors in Dentistry), elaborada pelo Global Summits Institute. Este reconhecimento destina-se a profissionais que se tenham destacado pelos serviços prestados e pelo contributo para o desenvolvimento da medicina dentária a nível mundial.

Com um percurso académico integralmente ligado à Universidade do Porto, Raquel Zita é reconhecida, internacionalmente, como especialista de referência na áreas da implantologia e cirurgia oral. Depois de se ter licenciado em Medicina Dentária pela FMDUP (2002), doutorou-se na mesma instituição em 2017, com uma tese ligada à regeneração óssea.

Autora e coautora de vários livros e artigos científicos, participou igualmente em diferentes projetos de investigação, nomeadamente associados ao IPATIMUP  – hoje integrado no Instituto de Investigação e Inovação em Saúde da U.Porto (i3S), e, mais recentemente, em colaboração com a FMDUP, a Faculdade de Engenharia da U.Porto (FEUP) e Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS).

Para além do percurso realizado na U.Porto, onde concluiu ainda um curso de especialização em Implantologia (2006), no currículo da médica dentista portuense incluem-se também duas pós-graduações em Implantologia no Instituto Bränemark, em Gotemburgo, e no Hospital de Västerås, ambos na Suécia. Atualmente, é professora convidada em diferentes instituições de ensino superior ligadas à formação da medicina dentária e integar o leque de experts da MINEC Knight (Megagen International Network of Continuous Education and Clinical Research).

A alumna da FMDUP foi distinguida pelo seu contributo para o desenvolvimento da medicina dentária. (Foto: DR)

“Um reconhecimento da medicina dentária portuguesa”

Em declarações revista SAÚDE ORAL, Raquel Zita encara a distinção atribuída pelo Global Summits Institute como “uma surpresa agradavelmente positiva. Fiquei muito feliz porque não há muitos portugueses a serem distinguidos nestas coisas e é sempre uma forma de validar o nosso trabalho”.

“Tudo o que consegui foi por esforço e por mérito e este é um reconhecimento muito grande do meu trabalho, da medicina dentária portuguesa e medicina dentária feminina”, acrescenta.

Para além de Raquel Zita Gomes, única mulher portuguesa a receber a distinção, o World’s Top 100 Doctors in Dentistry do Global Summits Institute inclui o também português Miguel Stanley. Ao todo, fazem parte desta lista 100 médicos dentistas de mais de 70 países de todo o mundo.

A escolha dos 100 nomeados coube a um júri composto por clínicos, especialistas, líderes de opinião, investigadores e cirurgiões.

Raquel Zita doutorou-se pela FMDUP em 2017. (Foto: DR)

Fonte: Portal de Notícias da U.Porto

FMDUP reativa newsletter

A FMDUP  reativou, no corrente mês de setembro, a sua publicação institucional .

Anteriormente denominada “Inoclusões” e, inicialmente, em suporte de papel, a partir de 2011 a revista começou a ser publicada em suporte informático, disponibilizada online, e a última edição data de outubro de 2012. Recentemente, a 9 setembro de 2019, foi lançada uma edição com nova denominação, “Newsletter da FMDUP “, com uma imagem renovada e, agora, com uma periodicidade semestral.

Através destas publicações pretende-se ver divulgadas algumas das atividades (projetos, investigações, eventos, formações, publicações ou conferências) desenvolvidas ao longo de cada um dos semestres pelos  docentes, não docentes e estudantes da FMDUP.

Poderá conhecer a “Newsletter da FMDUP” através do link  https://newsletter-fmdup.pt/.

Faculdade de Medicina Dentária comemora 27 anos

Memórias da Faculdade de Medicina Dentária em dia de aniversário

No dia em que a Faculdade de Medicina Dentária da U.Porto (FMDUP) comemora 27 anos de idade, o Serviço de Comunicação e Imagem da Reitoria da U.Porto desafiou todos os alumni a enviarem as suas imagens e memórias da passagem por esta Faculdade.

Aqui ficam algumas das fotos do primeiro curso formado pela FMDUP, cedidas por Gil Alves, Presidente da RGA da Associação de Estudantes da Escola Superior de Medicina Dentária do Porto (antecessora da faculdade) que, no dia 20 de maio de 1989, representou os estudantes da FMDUP na mesa eleitoral que consagrou o Prof Doutor Fernando Peres como presidente do 1º Conselho Diretivo da novel Faculdade. O curso 1983-1989, foi o primeiro a ser licenciado pela FMDUP:

Faculdade de Medicina Dentária comemora 27 anos
Faculdade de Medicina Dentária comemora 27 anos

Faculdade de Medicina Dentária comemora 27 anos
Fonte: Portal de Notícias da U.Porto: FMDUP comemora 27 anos.

Câmara do Porto distingue ALUMNI da U.Porto

Câmara do Porto distingue ALUMNI da U.Porto

A Câmara Municipal do Porto (CMP) distinguiu, no dia 9  de julho, oito figuras ligadas à Universidade do Porto com a Medalha Municipal de Mérito – Grau Ouro, numa cerimónia realizada nos jardins do Palácio de Cristal e que juntou os 27 homenageados com a edição 2015 das medalhas da cidade.

Entre as personalidades distinguidas destaca-se o nome de Adélio Mendes, professor catedrático e investigador do Departamento de Engenharia Química da Faculdade de Engenharia (FEUP), onde se tem notabilizado ao nível do desenvolvimento de tecnologias inovadoras de produção de energia elétrica.  Distinguido em 2012 com uma Advanced Research Grant no valor de 2 milhões de euros atribuída pelo European Research Council (ERC), Adélio Mendes foi um dos principais impulsionadores de duas tecnologias fotovoltaicas que permitem a conversão direta da luz solar em energia elétrica de forma renovável e sustentável, cuja propriedade intelectual foi vendida recentemente por 5 milhões de euros.

Este ano a autarquia decidiu também homenagear cinco antigos estudantes da U.Porto. São eles: a nutricionista Alexandra Bento, fundadora e Bastonária da Ordem dos Nutricionistas e antiga estudante da Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação (FCNAUP); o médico psiquiatra Júlio Machado Vaz, especialista nas áreas da toxicodependência e da sexualidade e antigo estudante da Faculdade de Medicina (FMUP); o médico dentista Orlando Monteiro Silva, Bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas e antigo estudante da Faculdade de Medicina Dentária (FMDUP); a banqueira Maria Cândida Rocha e Silva, Presidente do Banco Carregosa, e a jornalista Nassalete Miranda, fundadora e dirigente do jornal cultural “As Artes entre as Letras”, ambas licenciadas em Filologia Germânica pela Faculdade de Letras (FLUP).

A lista de medalhados inclui ainda os nomes do arquiteto João Carlos Martins Lopes dos Santos, responsável pelo projeto de recuperação e reabilitação da Igreja e Torre dos Clérigos e doutorando em Arquitetura na Faculdade de Arquitetura (FAUP), e de Maria Amélia Cupertino de Miranda Almeida, presidente do Conselho de Administração da Fundação Dr. António Cupertino de Miranda que, até junho passado, integrou o Conselho de Curadores da Universidade do Porto.

Para além das medalhas de ouro, a cerimónia ficou marcada pela entrega da Medalha de Honra da Cidade – a mais alta condecoração do conjunto de medalhas atribuídas anualmente pela CMP – , galardão que, em 2013, foi atribuído à Universidade do Porto. Este ano, os distinguidos foram o Bispo Emérito de Setúbal, D. Manuel Martins, o advogado Miguel Veiga e o Instituto Politécnico do Porto.

Fonte: Portal de Notícias da U.Porto