Arquivo de etiquetas: FEP

Vasco Ferreira, o mestre na Gestão do Kung Fu

O convidado do episódio de hoje do “Saberes além da U.Porto” é Vasco Ferreira,  alumnus do curso de Gestão da Faculdade de Economia da Universidade do Porto, onde também concluiu o Mestrado em Finanças. Apaixonado pelo desporto desde a infância, entusiasmou-se pelas artes marciais. Vasco praticou karaté durante mais de 15 anos no Estrela Vigorosa Sport e foi no mesmo clube que jogou ténis durante mais de seis anos. Mas foi aos 16 anos que conheceu aquela que iria ser a sua grande paixão, o kung fu (também chamado de wushu). Nos primeiros anos da faculdade ainda praticou as três modalidades e até chegou a dar aulas de karaté, mas acabou por ter de abdicar do ténis e do karaté. A prática do wushu manteve-se até hoje, sempre conciliada com a vida profissional e familiar… Mas o sonho do Vasco era um dia poder dedicar-se inteiramente a esta paixão! Para conhecer melhor o Vasco Ferreira  e o seu talento , acompanhe-nos em: https://www.up.pt/casacomum/alumni-mundus/2-vasco-ferreira/

Este é o “Alumni Mundus”, o podcast que pretende mostrar-vos o Mundo dos Alumni UP.

“Alumni Mundus” é uma série de podcasts que vai abordar diferentes temas e que pretende dar a conhecer a vida e os percursos dos Alumni da Universidade Porto. Este projeto é uma iniciativa do Gabinete Alumni da Reitoria, dos Gabinetes Alumni da Faculdade da Engenharia e do Gabinete de Comunicação e Imagem da Faculdade de Desporto, com a participação de todas as unidades orgânicas da Universidade do Porto e o apoio da Casa Comum. Na terceira série “Saberes além da U.Porto”, fomos procurar  e ouvir as histórias de antigos estudantes que encontraram um talento em áreas e temas muitos diferentes da sua formação e  profissão.

Vasco Ferreira, o mestre na Gestão do Kung Fu

O convidado do episódio de hoje do “Saberes além da U.Porto” é Vasco Ferreira,  alumnus do curso de Gestão da Faculdade de Economia da Universidade do Porto, onde também concluiu o Mestrado em Finanças. Apaixonado pelo desporto desde a infância, entusiasmou-se pelas artes marciais. Vasco praticou karaté durante mais de 15 anos no Estrela Vigorosa Sport e foi no mesmo clube que jogou ténis durante mais de seis anos. Mas foi aos 16 anos que conheceu aquela que iria ser a sua grande paixão, o kung fu (também chamado de wushu). Nos primeiros anos da faculdade ainda praticou as três modalidades e até chegou a dar aulas de karaté, mas acabou por ter de abdicar do ténis e do karaté. A prática do wushu manteve-se até hoje, sempre conciliada com a vida profissional e familiar… Mas o sonho do Vasco era um dia poder dedicar-se inteiramente a esta paixão!

Para conhecer melhor o Vasco Ferreira  e o seu talento , acompanhe-nos em: https://www.up.pt/casacomum/alumni-mundus/2-vasco-ferreira/

Este é o “Alumni Mundus”, o podcast que pretende mostrar-vos o Mundo dos Alumni UP.

“Alumni Mundus” é uma série de podcasts que vai abordar diferentes temas e que pretende dar a conhecer a vida e os percursos dos Alumni da Universidade Porto. Este projeto é uma iniciativa do Gabinete Alumni da Reitoria, dos Gabinetes Alumni da Faculdade da Engenharia e do Gabinete de Comunicação e Imagem da Faculdade de Desporto, com a participação de todas as unidades orgânicas da Universidade do Porto e o apoio da Casa Comum. Na terceira série “Talentos Além da U.Porto” , fomos procurar  e ouvir as histórias de antigos estudantes que encontraram um talento em áreas e temas muitos diferentes da sua formação e  profissão.

Alumni FEP

Alumni da FEP na corrida a melhor presidente de câmara do mundo

Ricardo Rio e Fernando Medina, presidentes da Câmara Municipal de Braga e da Câmara Municipal de Lisboa, respetivamente, e ambos licenciados em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto (FEP), estão nomeados para o Prémio World Mayor 20/21, uma iniciativa da The City Mayor Foundation que visa distinguir o trabalho desenvolvido pelos presidentes de câmara de todo o mundo.

Atribuídos desde 2004, e com uma periodicidade bienal, estes prémios pretendem assim reconhecer os presidentes de Câmaras Municipais que, em todo o mundo, “têm servido as suas comunidades com integridade, coragem e diligência”.

Na edição deste ano – a décima – do galardão, foram destacados os autarcas que mais se distinguiram na liderança das respetivas cidades durante a pandemia da COVID-19. Ao todo, estão nomeados 81 presidentes de câmara de 38 países, incluindo três portugueses.

A lista de nomeados será encurtada para uma “shortlist”, a anunciar brevemente pelo júri composto por várias personalidades ligadas à The City Mayor Foundation. Os interessados podem, contudo, deixar mensagens de apoio aos seus autarcas favoritos.

Refira-se que nenhum português foi distinguido nas nove edições anteriores do Prémio Word Mayor. A lista de vencedores inclui presidentes da câmara de Tirana (Albânia), Atenas (Grécia), Melbourne (Austrália), Cape Town (África do Sul), Cidade do México (México), Bilbau (Espanha), Calgary (Canadá), Mechelen (Bélgica) e Ancona (Itália).

Sobre Ricardo Rio e Fernando Medina

Natural de Braga, Ricardo Rio (1972), 48 anos, licenciou-se em Economia pela FEP em 1995, tendo ainda completado a parte curricular do Mestrado em Economia na mesma faculdade. Com um percurso dividido entre a atividade de consultadoria pública e empresarial, e a docência no ensino superior, iniciou o seu percurso político como membro da Assembleia Municipal de Braga, em 2001.

Eleito vereador da Câmara Municipal de Braga em 2005, pelo Partido Social Democrata (PSD),  assumiu a presidência do município em 2013, sendo reeleito em 2017 com maioria absoluta. Atualmente, desempenha o cargo em paralelo com os de Presidente da Associação transfronteiriça de municípios “Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular”, e do Conselho Executivo da Comunidade Intermunicipal do Cávado.

Já Fernando Medina nasceu no Porto em 1973. Formado em Economia pela FEP em 1998, foi assessor do então primeiro-ministro António Guterres, para as áreas da Educação, Ciência e Tecnologia, entre 2000 e 2002. Depois de uma passagem pela Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), regressaria à política como Secretário de Estado do Emprego e da Formação Profissional (2005-2009) e Secretário de Estado Adjunto, da Indústria e do Desenvolvimento (2009-2011) em dois governos do Partido Socialista.

Foi deputado na Assembleia da República entre 2011 e 2013 , ano em que deixou o Parlamento para assumir a vice-presidência da Câmara de Lisboa e as pastas de Finanças, Recursos Humanos e Turismo. Em 2015, assumiu a presidência da autarquia, substituindo no cargo o atual primeiro-ministro, António Costa. Foi reeleito em 2017.

Fonte: Portal de Notícias da U.Porto

Tiago Espinhaço Gomes

4.º Episódio do “Alumni Mundus” com Tiago Espinhaço Gomes

Tiago Espinhaço Gomes é o protagonista deste episódio da série “Viagem à U.Porto”. Partimos à descoberta com o Alumnus FEP, Consultor de Serviços Financeiros na Oliver Wyman em Madrid, nas áreas de risco, banca de retalho, e políticas públicas.

Anteriormente foi Economista no Conselho das Finanças Públicas, monitorizando a política orçamental do Governo, e Assessor do Ministro de Estado e Finanças, onde apoiou a implementação do Programa de Ajustamento Económico. Começou a sua carreira como Consultor de Gestão na McKinsey & Company. Ao todo, trabalhou em 7 países de 4 continentes diferentes. Tem uma Licenciatura em Economia pela Faculdade de Economia do Porto e fez o Intercâmbio Erasmus na Universidade de Tampere na Finlândia. É ainda um entusiasta de viagens, fotografia, música, arquitetura e política.

Fique a conhecer toda a história no podcast “Alumni Mundus”

Este é o “Alumni Mundus”, o podcast que pretende mostrar-vos o Mundo dos Alumni U.Porto.

 “Alumni Mundus” é uma série de podcasts que vai abordar diferentes temas e que pretende dar a conhecer a vida e os percursos dos Alumni da Universidade Porto. Este projeto é uma iniciativa do Gabinete Alumni da Reitoria, dos Gabinetes Alumni da Faculdade da Engenharia e do Gabinete de Comunicação e Imagem da Faculdade de Desporto, com a participação de todas as unidades orgânicas da Universidade do Porto e o apoio da Casa Comum. A primeira série “Viagem à U.Porto” leva-nos a descobrir percursos de Alumni dos diferentes cursos da U.Porto em estórias de vida que se entrelaçam em percursos únicos.

Rui Leite, aluno da Faculdade de Economia da Universidade do Porto e vencedor do Prémio António Simões Lopes 2019.

Antigo estudante da FEP é o melhor doutor em Economia do país

Rui Manuel Leiteantigo estudante da Faculdade de Economia da Universidade do Porto (FEP), é um dos dois vencedores da edição 2019 do Prémio António Simões Lopes, o galardão atribuído anualmente pela Ordem dos Economistas ao autor da melhor tese de Doutoramento na área de Ciências Económicas e Empresariais, apresentada em universidades portuguesas.

Intitulado ‘Essays on Dynamic Macroeconomics and Risk Attitudes, o trabalho premiado foi orientado pelo docente Mustafa Alper Çenezis e propõe três ensaios no domínio da Macroeconomia. Neles, Rui Leite aborda temas como a volatilidade das taxas de desemprego dos trabalhadores qualificados e não qualificados, ou a a relação entre a aversão ao risco e as expectativas que os indivíduos formam sobre a economia e sobre o seu próprio estado de saúde.

Questionado sobre a importância do prémio, o alumnus da FEP reconhece que esta conquista oferece “uma visibilidade fora do contexto académico que seria mais difícil de alcançar de outra forma”. Por outro lado, “prémios desta natureza ajudam a divulgar e realçar a qualidade da investigação que se realiza na FEP“, destaca Rui Leite.

Um percurso “made in” FEP

Natural do Porto, Rui Leite, 38 anos, realizou todo o seu percurso académico na Faculdade de Economia da U.Porto, pela qual se licenciou (2005), e onde completou o mestrado (2008) e o doutoramento (2018).

Em declarações ao Notícias U.Porto, o economista assume que “a qualidade do ensino proporcionado pela FEP na licenciatura foi importante para me fornecer uma base de conhecimento bastante sólida e muito útil nos níveis seguintes”. Da passagem pela faculdade, Rui Leite destaca ainda “a oportunidade de trabalhar [durante o mestrado] com o professor Nuno Sousa Pereira”. Foi, de resto, com este que teve “o primeiro contacto com a investigação científica”, o que se revelaria “determinante” para a continuação dos estudos.

No percurso profissional de Rui Leite incluem-se ainda passagens pelo Ministério das Finanças e pela Entidade Reguladora da Saúde (ERS). Atualmente, está ligado ao Conselho de Finanças Públicas (CFP), cargo que desempenha em paralelo com o de investigador no South African Panel Study of Small Business and Health, ao qual está ligado desde 2009.

O Prémio António Simões Lopes 2019 foi entregue durante a 15.ª Conferência da Ordem dos Economistas. Para além de Rui Leite, foi também distinguido um estudante do ISEG.

Fonte: Portal de Notícias da U.Porto

Competências transversais dos diplomados – colaboração em investigação

O presente inquérito é dirigido a todos os Alumni da Universidade do Porto, e tem como objetivo uma investigação que pretende analisar a autoavaliação dos diplomados universitários sobre as suas competências transversais, tidas como essenciais para a empregabilidade.

O estudo está a ser desenvolvido pelo estudante da FEP, Tiago Santos, no âmbito da dissertação de Mestrado em Economia e Gestão de Recursos Humanos, sob orientação da Profª. Dra. Sofia Cruz. O seu preenchimento tem uma duração inferior a 10 minutos.

Conforme o Regulamento de Proteção Geral de Dados (RPGD), é garantido que todos os dados fornecidos e resultados obtidos são confidenciais, sendo utilizados exclusivamente para efeitos estatísticos da investigação.

Qualquer dúvida ou comentário sobre o questionário ou sobre a investigação poderá ser feito através do e-mail: up201701513@fep.up.pt

A Empregabilidade em gestão – Pedido de Investigação

O presente estudo tem como objectivo avaliar a Empregabilidade dos profissionais de gestão. Conforme os últimos desenvolvimentos de proteção de dados (RPGD), é garantido que todos os dados fornecidos e resultados obtidos serão utilizados unicamente para efeitos de investigação.

Este  inquérito é dirigido a todos os alumnis da Universidade do Porto que tenham terminado os seus estudos até há cinco anos.


fep antigos estudantes universidade porto

Antigos estudantes juntaram-se no FEP Legends Cup

No passado dia 15 de julho, decorreu mais um torneio FEP Legends Cup. Este evento reuniu 16 equipas e aproximadamente 200 participantes, incluindo famílias e segundas gerações dos antigos estudantes da Faculdade de Economia da U.Porto (FEP). Paralelamente ao torneio de futsal existiu igualmente um torneio de king, o jogo de cartas mais popular dos “Passos Perdidos” desta faculdade.

Ao contrário das edições anteriores (realizadas na cidade do Porto e nos pavilhões onde se desenrolava os torneios da FEP League), o torneio FEP Legends Cup transferiu-se para Penafiel e para o Pavilhão Municipal de Novelas.

Esta iniciativa permitiu assim o reencontro destes antigos estudantes e potenciou momentos de convívio com as respetivas famílias.

Este evento contou com uma reportagem “online” de tudo o que se ia passando naquele dia com a produção de vários conteúdos na página de Facebook desta competição.

primeiro encontro alumni uporto suiça universidade do porto

Orgulho de ser U.Porto marca primeiro encontro de Alumni na Suíça

A diversidade e o orgulho foram a nota dominante no primeiro encontro dos antigos estudantes da Universidade do Porto (U.Porto) residentes na Suíça, que se realizou no passado dia 30 de janeiro na cidade de Genebra.

Cerca de cinco dezenas de antigos estudantes da U.Porto, vindos não só de Genebra mas também de outras cidades como Zurique, Berna, Basileia e Lausanne, esgotaram a “La Cantine des Commerçants”, o local escolhido para a realização do encontro. “Com muita pena minha, tive de recusar várias inscrições nas vésperas do evento, por falta de espaço”, realçou Ana Filipa Linhas, a Embaixadora ALUMNI da U.Porto em Genebra, deixando a porta aberta para a realização de mais eventos semelhantes num futuro muito próximo.

O encontro contou também com a presença de uma delegação da U.Porto encabeçada pelo Reitor da U.Porto, Sebastião Feyo de Azevedo e pelo Pró-Reitor da U.Porto com o pelouro dos Antigos Estudantes, Carlos Brito. Sebastião Feyo de Azevedo salientou mesmo que este evento “representou um passo muito importante na estratégia de internacionalização e na aproximação aos antigos estudantes da Universidade”.

O Reitor da U.Porto realçou os três eixos fundamentais desta estratégia, que passam pelo “apoio constante à comunidade ALUMNI da U.Porto, ouvir o que esta comunidade tem a dizer à Universidade e promover o relacionamento e o networking da comunidade entre si”.

Este evento, que consistiu num jantar convívio em ambiente informal, ficou marcado não só pela forte participação da comunidade alumni da U.Porto mas também pela sua diversidade, contando com a presença de antigos estudantes de 11 faculdades diferentes: Arquitectura (FAUP), Belas Artes (FBAUP), Ciências (FCUP), Desporto (FADEUP), Direito (FDUP), Economia (FEP), Engenharia (FEUP), Farmácia (FFUP), Letras (FLUP), Medicina (FMUP) e do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS).

Smiley face

Mafalda Tenente, alumna da FEP residente em Zurique (a cerca de 3 horas e meia de distância de Genebra) deslocou-se exclusivamente para este jantar e recordou a “excelência do ensino da U.Porto”, algo que “se reflete quando chegamos ao estrangeiro dando-nos uma bagagem muito sólida para o mundo empresarial”. A gestora de marketing na indústria farmacêutica considera o esforço de “ativar a rede alumni da U.Porto muito importante”.

Também César Carpinteiro, alumnus da FEUP e um dos vários antigos estudantes da U.Porto que são agora colaboradores no CERN, e que estiveram presentes neste evento, recordou as excelentes “condições que a Universidade proporcionou para conhecer o mundo”. Já Sérgio Coelho, também alumnus da FEUP  e atual quadro de uma farmacêutica suíça, manifestou inclusivamente a vontade de ajudar a sua alma mater na promoção de estágios na sua empresa.

Mas a comunidade ALUMNI da U.Porto é também é uma história de famílias. Exemplo disso mesmo são Tony Gomes e Marta Perez, casados, e ambos antigos estudantes da FCUP e que, juntamente com o filho de 4 anos, marcaram presença neste encontro. A vontade de regressar à Universidade para voltar a estudar foi uma nota dominante, “nem que seja uma pós-graduação”, salienta Tony Gomes.

Este evento inseriu-se no programa Embaixadores U.Porto ALUMNI coordenado pelo Pró-Reitor para os Antigos Estudantes. Nas palavras de Carlos Brito, “esta iniciativa de desenvolvimento do programa de Embaixadores U.Porto ALUMNI, devidamente articulada com as várias Faculdades, é mais um dos fortes contributos para a implementação de uma nova política de gestão de relações com os antigos estudantes da U.Porto”. Nesse âmbito, Carlos Brito recorda também o desenvolvimento, em curso, de “um projeto tecnológico integrado de modernização digital da rede ALUMNI da U.Porto”. Projeto este que se estrutura através do novo Portal ALUMNI U.Porto, através de um sistema de Costumer Relationship Management (que irá profissionalizar e modernizar a base de dados dos antigos estudantes da U.Porto, que conta, atualmente, com cerca de 90.000 contactos de antigos estudantes registados) e ainda uma forte aposta na presença da U.Porto na plataforma de rede social Linkedin.

De referir que esta rede social desempenhou mesmo um papel fundamental na mobilização dos antigos estudantes da U.Porto, localizados na Suíça, através do grupo “U.Porto ALUMNI na Suíça”.

Fonte: Portal de Notícias da U.Porto

Veja também:
Galeria de Fotos | Reportagem Vídeo | Reação no Facebook | Reação no Facebook II

https://alumni.up.pt/news/orgulho-de-ser-u-porto-marca-primeiro-encontro-de-alumni-na-suica/