pesquisar

Que o nome não engane. P.E.T vem de Personal Electric Transportation e, devido à sua natureza frágil e aos maus resultados estéticos durante o teste, não houve qualquer PET usado durante o desenvolvimento do novo meio de transporte criado por João Leão: um skate elétrico e feito de material reciclado. Foram os desperdícios de plástico … Continuar a ler Alumnus da FBAUP cria skate elétrico com plástico reciclado

Alumni U.Porto ,

U.Porto Alumni / Notícias / Alumnus da FBAUP cria skate elétrico com plástico reciclado

Alumnus da FBAUP cria skate elétrico com plástico reciclado

P.E.T - Personal Electric Transportation

Que o nome não engane. P.E.T vem de Personal Electric Transportation e, devido à sua natureza frágil e aos maus resultados estéticos durante o teste, não houve qualquer PET usado durante o desenvolvimento do novo meio de transporte criado por João Leão: um skate elétrico e feito de material reciclado.

Foram os desperdícios de plástico recolhidos das praia do Porto e o aumento dos tempos de deslocação devido ao elevado número de pessoas na cidade, aliado às fraquezas do serviço de transportes públicos, que inspiraram o, na altura, estudante do Mestrado em Design Industrial e de Produtos das faculdades de Belas Artes (FAUP) e de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), a desenvolver aquele que se autodenomina como o “primeiro skate elétrico reciclado do mundo”.

O P.E.T MINI – nome dado ao skate – surge também da experiência que João foi adquirindo com a ajuda do VIVALab – do qual é co-fundador – e da equipa da Precious Plastic, em Eindhoven, no uso de termoplásticos reciclados e a transformação por meio das ferramentas de fabricação digital.

A 35km/hora… de skate

O P.E.T MINI Mini pode ser o transporte ideal no espaço urbano. Atinge a velocidade máxima de 35km/hora, autonomia para 36 quilómetros e um tempo de carregamento de aproximadamente duas horas. O resultado final tem 8 quilogramas, 75 centímetros de comprimento, e custou menos de 500 euros em materiais e protótipos.

Além de vir revolucionar os meios de transporte em espaço urbano, este novo skate inspira também futuros criativos a experimentar as infinitas possibilidades da utilização de materiais reutilizáveis.

O P.E.T MINI está a concurso para o Community Choice Prize. A votação está aberta até 7 de julho.

Na base do projeto está a importância crescente da criação de abordagens participativas ao design. Para João Leão, “é preciso repensar como projetamos e fabricamos os produtos do futuro, aproximando utilizador e indústria ao processo de design e abrindo assim a porta à utilização do design aberto como ferramenta de desenvolvimento e a fabricação digital (fab labs) como processo de fabricação, em oposição ao processo industrial normal, impulsionando soluções inovadoras tanto a nível local e global”.

Para além de João Leão, o desenvolvimento do projeto contou também com a participação do designer Rui Mendonça, professor da FBAUP e diretor do Mestrado em Design Industrial e de Produto da U.Porto.

Reconhecimento internacional

O P.E.T MINI mereceu recentemente destaque internacional ao conquistar o segundo prémio na categoria de de design de transporte dos Prémios Core77 Design 2020, destinados aos melhores projetos de design empresarial da autoria de estudantes e profissionais de todo o mundo.

O projeto, que participou em representação da Universidade do Porto, está agora a concurso para o Community Choice Prize, cujos vencedores resultarão de uma votação aberta a toda a comunidade.

A votação está aberta até 7 de julho.

Fonte: Portal de Notícias da U.Porto

contactos

Gabinete ALUMNI U.Porto
Reitoria da U.Porto
Praça Gomes Teixeira
4099-002 Porto, Portugal